Blog

  • Home
  • Capadócia Run reúne 250 atletas de 8 estados, incentiva o esporte e movimenta São José do Piauí
Capadócia Run reúne 250 atletas de 8 estados, incentiva o esporte e movimenta São José do Piauí
  • 4 jun 2023
  • cidades na net
  • 139

Capadócia Run reúne 250 atletas de 8 estados, incentiva o esporte e movimenta São José do Piauí

O município de São José do Piauí foi palco, neste domingo, 04 de maio, da 2ª edição da prova Run Capadócia, competição esportiva disputada na modalidade corrida rústica.

Superando as expectativas da organização, este ano, a prova reuniu mais de 250 atletas do Piauí e outros estados do Norte e Nordeste. São atletas profissionais e amadores, como empresários, profissionais liberais, professores, estudantes, militares, amantes do esporte, da natureza e do turismo.

O evento teve início logo cedo, com a concentração dos atletas no povoado Baixio de São José. De lá, os competidores foram levados aos pontos de largada, de acordo com a categoria.

As provas tinham percursos de 3 e 7 km, nas quais os competidores puderam praticar o esporte e superar os próprios limites, além de manter o contato com a natureza e conhecer as comunidades rurais do município.

A passagem dos competidores atraiu a atenção dos moradores das comunidades onde a prova passou. No pórtico de chegada, um expressivo número de pessoas, entre moradores e visitantes, aguardava os competidores.

A chegada aconteceu no povoado Baixio de São José, onde toda uma estrutura foi preparada para receber os atletas e as equipes de apoio. Foram montadas tendas com alimentos, água mineral, sucos, água de coco, atendimento fisioterapêutico, plataforma 360º, música ao vivo, além dos estantes das empresas parceiras.

 

 

O cansaço da prova, no entanto, não tirou a disposição dos competidores, que até dançaram forró e improvisaram uma quadrilha junina em um clima de muita alegria.

Ao final da chegada de todos os atletas, foi realizada a cerimônia de premiação, que contou com a participação dos apoiadores do evento. Todos os competidores que cruzaram a linha de chegada receberam uma medalha personalizada.

Os três primeiros colocados de cada categoria receberam um troféu personalizado. Os três primeiros lugares no geral – masculino e feminino – também receberam premiação em dinheiro, sendo R$ 200 para o 1º lugar; R$ 150 para o 2º lugar; e R$ 130 para o 3º colocado.

Simone da Vera, de Picos, foi a campeã geral na categoria feminina. Ela, que participou da prova pela primeira vez, revelou que a estratégia foi manter o ritmo em toda a prova. “Foi uma prova muito boa, bem organizada, percurso bacana.”, disse.

A atleta é bastante conhecida no meio esportivo, seja na corrida, como também, no ciclismo. “Gosto de esporte. Faz mais de 12 anos que pratico e espero estar incentivado outras pessoas.”, pontuou.

Um dos principais nomes da prova foi Adelson Rodrigues, de Barão de Grajaú, no Maranhão, um atleta de nível internacional, já tendo participado de grandes provas em dez países, sendo campeão algumas vezes. Depois de abrir uma larga vantagem sobre os adversários e liderar toda a prova, ele foi o grande campeão da geral masculina.

Um dos principais nomes da prova foi Adelson Rodrigues, de Barão de Grajaú, no Maranhão, um atleta de nível internacional, já tendo participado de grandes provas em dez países, sendo campeão algumas vezes. Depois de abrir uma larga vantagem sobre os adversários e liderar toda a prova, ele foi o grande campeão da geral masculina.

Mesmo sendo um competidor profissional, Adelson não abriu mão de participar da prova no sertão do Piauí. “É uma prova de amigos. A gente tem que manter a humildade, saber que a nossa presença também não é só para competir e ganhar, mas, para incentivar novos talentos. Que a gente possa inspirar novos atletas.”, disse, parabenizando a organização do evento pela iniciativa de estar apoiando e incentivando o esporte. “Espero estar retornando o ano que vem.”, pontuou.

A competição foi idealizada e é organizada pelo produtor cultural Genilson Rodrigues, e acontece com o apoio do poder público e da iniciativa privada. O objetivo é incentivar à prática do esporte, valorizar os atletas amadores na região de Picos, além de divulgar e estimular o turismo na Capadócia Nordestina, um lugar de belezas exuberantes.

Em entrevista, ele classificou a 2ª edição da Run Capadócia como um sucesso. “Tivemos mais de 250 participantes do Piauí e outros estados do Norte e Nordeste, caravanas com quase 20 competidores do Maranhão, atletas de elite que correm a São Silvestre e provas internacionais e que estão aqui para engrandecer o nosso evento. Tivemos a participação de dois atletas paralímpicos, Pedro Superação, de Uauá-BA, e Luís Alves, de Floriano-PI.”, enfatizou Genilson.

Ele agradeceu a todos que tem acreditado no projeto, desde os atletas, colaboradores e os patrocinadores. “A gente não faria esse evento sozinho. Só é possível graças aos amigos e parceiros.”, disse.

Tendo em vista o crescimento do evento em aspectos como o número de participantes, a Run Capadócia desponta como uma das maiores provas do gênero no Piauí. O desejo do organizador é tornar a prova uma referência para o estado. “Estamos trabalhando para que, assim como Picos Pro Race é referência para o ciclismo no Piauí, a Run Capadócia se torne a maior prova do Piauí dessa modalidade, a corrida rústica.”

A partir desta, Genilson já planeja o que pode ser feito na III Run Capadócia, em 2024. “A nossa perspectiva é de dobra ou até mesmo triplicar o número de atletas inscritos, chegando de 500 a 750.”

O prefeito do município de São José do Piauí, Admaelton Bezerra, foi um dos principais apoiadores do evento. O gestor esteve presente ao lado do vice-prefeito Joseidney Bezerra, vereadores e secretários municipais, e enfatizou a sua importância, que segundo ele, ultrapassa os limites do município.

“Esse é um evento grandioso, não apenas em participação, mas pelo seu valor, pelo impacto que ele causa na sociedade, na juventude, principalmente. É importante por incentivar a prática esportiva, que traz um bem para a vida social e para a saúde. E além disso, movimenta o nosso município, hoje, aqui no Baixio de São José, dá visibilidade para o potencial esportivo e turístico do município, que possui muitas belezas naturais, dentre estes, a Capadócia com suas formações rochosas, pinturas rupestres, nascentes de água.”, disse.